O mais tradicional desfile de carnaval de rua de São Paulo | Carnaval 2016 | 31/01/2016

Roda de Samba - 11/2006 - Quinteto em Branco e Preto

Salve, São Mateus. Salve, salve Santo Amaro.

O grupo foi formado no bar Boca da Noite na Bela Vista, zona sul de São Paulo, em 1997 pelos irmãos Maurílio (cavaquinho e voz) e Magno (pandeiro e voz) e o trio Everson (violão e voz), Victor (surdo e voz) e Yvison Pessoa (percussão e voz). O objetivo é preservar o samba tradicional, chamado também de samba de raiz. O primeiro nome do grupo veio de Beth Carvalho, a madrinha dos meninos: Quinteto Café com Leite. Como já existia outro grupo com esse nome, surgiu Quinteto em Branco e Preto.

Em 2000 fizeram a primeira viagem internacional, foram a África do Sul. Foram dois shows em que acompanharam Beth Carvalho.

Para a gravação do programa Ensaio, da TV Cultura, o Quinteto foi convidado para participar das apresentações de Alfaiate, Carlinhos Vergueiro, Nei Lopes, Wilson das Neves e D. Ivone Lara.

Hoje, quando um sambista carioca se apresenta em São Paulo convida o Quinteto para acompanhá-lo. A lista cresce: Guilherme de Brito, Wilson Moreira, Luiz Carlos da Vila, Noca da Portela, Monarco, Almir Guineto, Jorge Aragão, Moacyr Luz, Germano Matias, Délcio Carvalho, Jamelão, João Nogueira, Paulinho da Viola, Elton Medeiros, entre outros. Trata-se de um fenômeno que tomou de assalto o mundo do samba.

Com letras contemporâneas, as musicas desses meninos nos fazem reviver estilos de sambas quase esquecidos pela nova geração. Samba de breque, de terreiro, partido alto. Para matar a saudade!!!

Em 2000, o primeiro CD, Riqueza do Brasil, foi lançado pela CPC-Umes, além da madrinha, participaram do CD Almir Guineto, Wilson das Neves, Mauro Diniz e Oswaldinho da Cuíca. Entre as músicas, estavam composições próprias e ainda uma canção inédita de Nelson Cavaquinho e Wilson Moreira.

Em agosto de 2003 saiu o segundo CD, Sentimento Popular. Hoje, os meninos ainda fazem parte da Comunidade Samba da Vela, formada em 2000, em Santo Amaro, zona sul de São Paulo.

Fonte: www.samba-choro.com.br e www.entrecantos.com